Publicado em 22 de junho de 2017 às 09:11

Nesta sexta-feira (19), Araçatuba sediou um encontro regional de autoridades ligadas ao meio ambiente e assuntos rurais para promover um diálogo a respeito da importância da regularização ambiental das atividades agropecuárias, além do papel do produtor rural na proteção do meio ambiente como forma de equilíbrio ambiental.

O evento ocorreu no auditório do Siran (Sindicato Rural da Alta Noroeste), e é de realização da Sociedade Rural Brasileira (SRB), da Prefeitura Municipal de Araçatuba através das secretarias de Meio Ambiente e Sustentabilidade e Desenvolvimento Agroindustrial.

As palestras tiveram como tema principal “Fiscalização Ambiental, Patrulha Rural e Assistência ao Produtor Rural”, e foram proferidas pelo comandante da Polícia Militar Ambiental de São Paulo, Coronel Alberto Sardilli, e pelo secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo Ricardo Salles.

Sardilli explanou a respeito da atuação da Polícia Ambiental durante a patrulha rural, e como a organização atua na prevenção e combate da criminalidade, bem como orienta na preservação do meio ambiente. Já Ricardo Salles explicou de forma categórica ao público as principais dificuldades na aprovação de projetos ambientais de acordo com as leis vigentes, além de transmitir respeito e segurança aos produtores rurais e agentes de conservação ambiental em relação à marginalização de seus direitos.

 

PERGUNTAS

Ao final, Fabio Brancato conduziu a mesa redonda, que foi aberta a perguntas do público presente. O interlocutor aproveitou a oportunidade e agradeceu ao prefeito Dilador pela instalação da Feira do Produtor em Araçatuba, algo que, de acordo com ele, não ocorria com tamanha responsabilidade em anos anteriores.

E foi baseado no comprometimento com a classe rural que Dilador fez seu pronunciamento. De acordo com o prefeito, uma das maiores forças de desenvolvimento que Araçatuba e região tem é a do trabalho rural. “Nossa força maior vem do campo. Não vamos permitir que essa classe tão trabalhadora e produtora de renda sejam esquecidas ou até mesmo massacrada. Não em nosso governo. Vocês (produtores rurais) têm todo o nosso apoio. Já está em funcionamento, por exemplo, o SIM (Serviço de Inspeção Municipal), que agrega valor ao produto artesanal feito nas comunidades rurais de Araçatuba. Vamos em frente, rumo ao desenvolvimento, que é e deve ser conquistado diariamente”.