Publicado em 13 de agosto de 2020 às 17:29

Na noite desta quarta-feira (12), Uma cerimônia realizada em condições especialmente restritas, em razão das medidas de segurança contra a pandemia do coronavirus (Covid-19), celebrou dois grandes momentos da história e da cultura de Araçatuba: a inauguração da reforma do Teatro Municipal Castro Alves e a premiação da 17ª edição do Troféu Odette Costa.

O conjunto de obras, que contempla adequações no prédio que abriga a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) de Araçatuba, que fica na rua Anita Garibaldi, nº 75, no centro, e o Teatro Castro Alves, na rua Duque de Caxias nº 29, trata da reforma do telhado do teatro, dos sanitários e da adequação do sistema de combate a incêndios do prédio.. Houve reparos e adequações necessários à acessibilidade, portas de saída de emergência e principalmente do telhado, que oferecia risco de queda, além de pintura, sistema de hidrante e caixa de força, entre outros.

As obras foram divididas em dois lotes, aos custos de R$ 120.760,73 (cento e vinte mil, setecentos e sessenta reais e setenta e três centavos) para o primeiro lote e R$ 63.126,23 (sessenta e três mil, cento e vinte e seis reais e vinte e três centavos), para o segundo, cuja execução foi da Empresa Vizan Projetos e Construções (Vilson S. Zanelatti – EPP). O total de recursos investidos alcançou R$ 202.886,96 (Duzentos e dois mil, oitocentos e oitenta e seis reais e noventa e seis centavos) em virtude de um aditivo contratual de R$ 19 mil (dezenove mil reais), a atender a necessidade identificada de reforma também do teto e forro do palco do teatro.

Segundo o secretário municipal de Cultura (e de Esportes Lazer e Recreação), Sérgio Tumelero, além da obra realizada pela empresa ganhadora da licitação, a SMC ainda investiu R$ 35.771,00 (trinta e cinco mil, setecentos e setenta e um reais) de recursos próprios em melhorias do sistema de som, iluminação e ar condicionado, troca do carpete e do pavimento emborrachado e pintura, além da reforma dos camarins, que inclui chuveiros, box e pisos.

17º Troféu Odette Costa

A cerimônia de entrega foi realizada sem público espectador, tendo apenas a presença dos vencedores da 17ª edição do Troféu Odette Costa e equipes de trabalho, além das autoridades, cuja presença no palco respeitou a solenidade com exigências de distanciamento, apenas com saudações sem contato físico.

Participaram da entrega, subindo ao palco um a cada vez, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, a vice-prefeita Edna Flor, a presidente da Câmara Municipal de Araçatuba, Tieza Lemos Marques, e o secretário municipal Sérgio Tumelero (SMC e SMELR).

Os vencedores e premiados da noite, por ordem de entrega, foram:

VENCEDORES

Categoria Teatro: André de Phrá

Categoria Artes Plásticas: Hugo Rach

Categoria Artes Visuais: Clayton Khan e Duda Maués

Categoria Cultura Popular: Aline Do Nascimento Benitez – Maracatu Baque D’Orum

Categoria Cultura Urbana: Gustavo Fernandes

Categoria Dança: Júnior Zambon

Categoria Literatura: Wandyr Zafalon Junior

Categoria Mídias Livres: Caíque Teruel

Categoria Música: Márcio Kadá

Categoria Produtores Autônomos: Caíque Teruel

O Troféu Cultural Odette Costa foi instituído por meio da Lei Municipal nº 4905, de 23 de outubro de 1996, é considerado a maior honraria do setor cultural do município e teve realizada a sua 17ª edição.

As indicações foram feitas de 22 de maio a 19 de junho, por um formulário Google disponível nas redes sociais da Prefeitura Municipal de Araçatuba e da Secretaria Municipal de Cultura. As votações ocorreram de 23 de junho a 3 de julho, também por um formulário Google.