Publicado em 24 de agosto de 2021 às 14:41

O município de Araçatuba registrou oito mortes ligadas ao trânsito nos primeiros sete meses deste ano. É o menor índice nos últimos sete anos. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (24) pela A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Araçatuba, com base nos dados do Infosiga SP.
Segundo as estatísticas, no mesmo período de 2015, haviam ocorrido 20 mortes. Em 2016, foram 17. Nos anos de 2017, 2019 e 2020, foram 10 mortes cada. O menor índice até então era de 2018, com nove óbitos nos sete primeiros meses daquele ano.
Segundo o secretário de Mobilidade Urbana de Araçatuba, Marcelo Pereira dos Reis, nos primeiros sete meses deste ano a Prefeitura vem adotando medidas para reduzir o número de acidentes e de vítimas na cidade. Reis é tenente-coronel da reserva da Polícia Militar e tem mestrado profissional em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública e Doutorado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública.

MELHORIAS
Entre as ações que a Prefeitura tem feito para melhorar a segurança no trânsito, o secretário destaca a melhoria da sinalização de trânsito, por meio de placas e pintura de solo; medidas de engenharia de tráfego em locais considerados críticos; melhoria das condições de visibilidade em importantes cruzamentos, seja mediante a poda de árvores, seja implantando bolsões de motocicletas nas esquinas e intensificação da fiscalização de trânsito.
O secretário enfatiza ainda que foram implantados também cerca de dois quilômetros de ciclofaixas na Via de Acesso Etelvino Ferreira dos Santos, bem como na Avenida Ussui Kameo, no bairro Pinheiros e na Avenida Umuarama, visando a proteção dos ciclistas.
“Nossos esforços, até o final do ano, serão no sentido de intensificar a fiscalização de trânsito visando a garantir a segurança dos usuários do sistema viário, sobretudo dos motociclistas, pedestres e ciclistas”, destaca Reis.
O secretário acrescentou, ainda, que outra medida importante que adotada pela administração é no âmbito da educação no trânsito, visando sensibilizar a todos para um trânsito mais humanizado. “Por fim, as medidas de engenharia de tráfego e sinalização irão continuar para a melhoria do sistema viário de Araçatuba, com o escopo final de preservar a vida e a integridade física das pessoas no trânsito”,
destaca.