Publicado em 05 de agosto de 2022 às 16:18

O aterro sanitário de Araçatuba recebeu nota máxima da Cestesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). O espaço, que recebe e trata os resíduos sólidos do município, obteve Nota 10 no Índice de Qualidade de Resíduos (IQR) conferido pela agência estadual responsável pelo controle, fiscalização, monitoramento e licenciamento de atividades geradoras de poluição. É a primeira vez que o município atinge este patamar. Atualmente, fora a Coleta Seletiva, a cidade produz 180 toneladas por dia de resíduos domiciliares orgânicos, que são totalmente aterrados.

O resultado faz parte do Inventário Estadual de Resíduos Sólidos Urbanos realizado pela companhia após visitas técnicas realizadas no período de um ano. Este documento reflete as condições ambientais dos sistemas de compostagem, das estações de transbordo e da disposição final em aterro dos resíduos sólidos urbanos oriundos da coleta pública, a partir de dados obtidos e consolidados e vistoria periódica realizada pelos técnicos da CETESB em cada um dos 645 municípios do estado, e comparados entre 2020 e 2021.

As informações são processadas por meio da aplicação de um questionário padronizado subdividido quanto às características do local, da estrutura e operacionais e são expressas por meio de pontuações, que variam de 0 a 10. São índices, portanto, que levam em consideração a situação encontrada em inspeção técnica e que permitem efetuar um balanço confiável das condições ambientais, diminuindo eventuais distorções devido à subjetividade na análise dos dados, além de possibilitar a comparação entre as instalações existentes no estado.

O prefeito Dilador Borges comemorou o resultado e lembrou que há seis anos Araçatuba ficou um dia sem ter onde colocar o seu lixo por falta de um local adequado.

“O atual aterro não tinha obtido previamente a autorização para funcionar e tivemos que fazer um trabalho técnico que desde então não deixa de dar bons frutos. O tratamento dos resíduos sólidos é uma questão séria, pois impacta diretamente na qualidade de vida das pessoas e no meio ambiente. Essa nota mostra que estamos no caminho certo”, afirmou o prefeito.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Lucas Savério Proto, destaca que desde o trabalho para o novo licenciamento do aterro as notas obtidas por Araçatuba têm sido altas, estando sempre acima de nove.

“Agora, no entanto, chegamos a este índice que nos enche de incentivo para continuar fazendo um trabalho de excelência. Estamos sempre estudando e buscando soluções e melhorias e vamos continuar esta jornada. A nota nos incentiva, mas nosso objetivo real é continuar colocando Araçatuba em sintonia com o que há de melhor no setor de tratamento dos seus dejetos e melhorias ambientais graduais e significativas. Assim, toda a sociedade e a natureza ganham”, afirmou Proto.