Publicado em 16 de julho de 2021 às 17:37

Localizada no bairro Paraíso, à rua Junqueira Freire, nº 350, a nova sede do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) foi inaugurada pela Prefeitura de Araçatuba, nesta sexta-feira (16).

A cerimônia, realizada com redução de presentes em respeito às exigências contra a contaminação pelo coronavírus (covid-19) e transmitida pela página da Prefeitura de Araçatuba no Facebook, contou com a presença do prefeito de Araçatuba, Dilador Borges; da vice prefeita e secretária municipal de Participação Cidadã (SMPC), Edna Flor; do vereador Mauricio Rufino (Bem Estar), vice-presidente da Câmara representando o Legislativo Municipal araçatubense; dos secretários municipais Arnaldo Vieira Filho (Governo) e Suzeli Denys de Oliveira (Assistência Social- SMAS), a coordenadora do CREAS, Patrícia de Oliveira; Edson Neves Terra Jr, diretor da Proteção Social Especial; e do diretor regional da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Laerte Aparecido Rocha.

Com a nova sede do CREAS, a Prefeitura não terá mais gastos com aluguel, que atualmente custava R$ 2.128,61 mensais, pago pelo uso do prédio na rua José Pedro dos Santos. Segundo a SMAS, este valor mais recente já havia sido resultado de mudança anterior por economia, pela Prefeitura de Araçatuba, pois o CREAS ocupava, até 2017, imóvel na Avenida dos Estados que custava R$6.048,00 por mês.

A obra foi custeada com R$ 118.212,86 de recursos próprios do Tesouro Municipal, e R$ 155.290,95 provenientes do então MDS – Ministério do Desenvolvimento Social, hoje integrado no Ministério da Cidadania, totalizando investimento no valor de R$ 273.503,81.

Patrícia de Oliveira, coordenadora CREAS de Araçatuba, e Suzeli Denys de Oliveira, secretária municipal de Assistência Social, explicaram os serviços e agradeceram o empenho da administração pela execução e finalização da obra.

O vereador Mauricio Rufino (Bem Estar) reforçou a importância do apoio da Câmara Municipal nas conquistas para a população. “A administração está trazendo economicidade, cuidam do bem-estar e cuida da população. Hoje quem ganha é Araçatuba, pois temos uma história de trabalho e luta pela criança e adolescente e pelo idoso, e hoje vemos que temos uma casa própria pra isso. Ficamos felizes por fazer parte desta história, pois construímos algo para a próxima geração.

Edna Flor valoriza o reconhecimento ao trabalho dos órgãos e servidores da assistência social. “Tenho a certeza que todos temos um mesmo sentimento. Gostaríamos de não termos que inaugurar um serviço de apoio como este, mas que muito em breve não precisemos mais enfrentar a violência, contra a criança, contra o idoso. Que possamos, no futuro, estar aqui discutindo uma nova destinação para esse prédio, sem a violência como razão para existir”.

Dilador Borges celebra mais uma obra vencida. “Mesmo que não queiramos que haja motivo para esse trabalho, esperamos que essa estrutura seja bem usada, que sejam bem acolhidos, pois quem trabalha neste espaço tem essa sensibilidade. A todos os que trabalham com carinho e dignidade nas nossas secretarias ao Legislativo Municipal, pela responsabilidade com os recursos públicos e reconhecimento do trabalho, chamo a celebrar o fato de que esta é a penúltima obra que tinha sido abandonada e agora concluímos e entregamos funcionando, entregando dignidade às pessoas”.

O Serviço

Com horário de atendimento das 8h às 17h30, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) é uma unidade pública dedicada ao trabalho especializado no SUAS (Sistema Único de Assistência Social) a famílias e indivíduos em situação de risco pessoal ou social, por violação de direitos, tais como: violência física, psicológica, negligência, violência sexual: abuso e/ou exploração sexual; abandono; trabalho infantil, discriminação em decorrência da orientação sexual e/ou raça/etnia; como também o cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto.

O trabalho social no CREAS tem por objetivo proporcionar reconhecimento do protagonismo e da autonomia do usuário nas decisões e respostas às situações de violações que vivenciam, fazendo com que se tornem protagonistas de suas vidas, garantindo, assim, seguranças socioassistenciais na perspectiva da proteção social.

Os serviços ofertados pelo CREAS são:

Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI), atendendo crianças/adolescentes e familiares que se encontram com seus direitos violados, tais como: vítimas de violência física, psicológica, negligência, abandono, violência sexual, abuso e/ou exploração sexual.

Serviço de Enfrentamento a violência contra pessoas idosas, com deficiência e suas famílias, atende pessoas com deficiência a partir dos 18 anos, idosos a partir de 60 anos e suas famílias, em situação de violação de direitos.

Serviço de Proteção Social a Adolescentes em cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA) e de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC), atende adolescentes de 12 a 18 anos incompletos, ou jovens de 18 a 21 anos, encaminhados pelo Poder Judiciário para o cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto, de Liberdade Assistida e de Prestação a Serviço à Comunidade, bem como seus familiares.