Publicado em 06 de fevereiro de 2018 às 09:13

O prefeito Dilador Borges esteve em São Paulo, nesta segunda-feira (5), para receber uma premiação que colocou Araçatuba em posição privilegiada no ranking ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental de melhorias no saneamento brasileiro. A cerimônia foi realizada no auditório do CRQ – Conselho Regional de Química, e organizada pela ABES.

Araçatuba ficou em sétimo lugar entre os 14 municípios do grupo “Rumo à universalização” em todo o Brasil. Apenas 6% dos municípios atingiram a pontuação para enquadramento nesta categoria.

Várias ações vêm sendo realizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Samar, sendo elas a coleta e tratamento de esgoto e a coleta de lixo doméstico, que são a grande abrangência de saneamento básico na cidade.

O prefeito recebeu o prêmio das mãos do palestrante Paulo Valdiva, que é médico e prof da USP. Para Dilador, este prêmio irá incentivar a todos contribuir ainda mais o saneamento na cidade. “No ultimo ano, várias ações de melhorias foram desenvolvidas, entre elas o aumento na fiscalização e aumento de multa para terrenos abandonados, o encerramento de pontos de disposição irregular de resíduos e a realização da coleta seletiva em 100% da cidade, por exemplo. neste ano iremos instalar mais 7 (sete) ecopontos na cidade e estamos desenvolvendo um programa de educação ambiental”, explicou.

Investimentos

Entre as melhorias que possibilitaram a premiação estão investimentos e ações desenvolvidas pela SAMAR (Soluções Ambientais de Araçatuba), que abriu diversos canais ao público para receber as demandas diárias de serviços e executá-los nos prazos previstos.

Segundo a empresa, foram iniciadas diversas obras de melhorias da infraestrutura do saneamento, como a reversão da bacia de esgoto da Estação de Tratamento de Esgoto Maria Isabel, pela qual o esgoto da cidade será encaminhado a outra estação de tratamento de esgotos sanitário, que está em condições de tratar todo o esgoto em eficiência plena.

Para atender a nova demanda, a Estação de Tratamento foi ampliada e modernizada com instalação de novos equipamentos e reformas dos tanques de tratamento, além de automação de todos os processos.

A SAMAR prevê um investimento de cerca de R$ 100 milhões em Araçatuba nos próximos três anos; sendo R$35 milhões em obras e melhorias em 2018, além do plantio de mais de 2.000 árvores.