Publicado em 06 de fevereiro de 2020 às 18:16

O AEA – Associação Esportiva Araçatuba, anuncia que o time volta a representar a cidade na segunda divisão do Campeonato Paulista de Futebol, a partir de 19 de abril deste ano, tentando acesso para a série A3.

A última vez que o AEA disputou campeonatos foi em 2015 e retorna em 2020, pelo Campeonato Paulista Sub-23, que terá 42 equipes, divididos em 6 grupos de 7 equipes. Esta primeira fase, com jogos de ida e volta, classifica os dois primeiros colocados de cada grupo e mais quatro melhores terceiros colocados entre todos as sete chaves.

A chave do AEA conta com as equipes do Bandeirantes Esporte Clube (BEC), de Birigui; Andradina Futebol Clube (AFC), Tupã Futebol Clube; Tanabi Esporte Clube (TEC); Oswaldo Cruz Futebol Clube, o Azulão; e o Grêmio Desportivo Prudente, de Presidente Prudente.

Segundo o presidente do clube, Edson Luis Pereira, mais conhecido como Tatu, a equipe técnica está sendo formada, mas já tem como certo o nome do técnico Fabio Silvério, “prata da casa” que foi jogador profissional e atuou como técnico nos estados de São Paulo de Paraná, além do Distrito Federal. Foi observador técnico da empresa César Sampaio (ex-seleção brasileira e Palmeiras), e atualmente trabalha com, formação de atletas em Araçatuba.

O presidente Edson Tatu declara que o comando do clube está sob sua total responsabilidade . “Participei dia 5 (quarta-feira) de reunião do Conselho Abitral da Federação Paulista de Futebol, no qual foram decididos a formula do campeonato e os clubes que farão parte. Agora como presidente, queremos trabalhar com honestidade e transparência e vamos em busca de parceiros, para que consigamos colocar um time bem competitivo em busca do acesso à Série A3”.

Tatu manifestou agradecimento à prefeitura nos nomes do prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, e do secretário municipal de Governo, Manoel Afonso de Almeida Filho. “Com todo o apoio e orientação recebidos do Dilador e do Manoel, conseguimos os laudos, o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), alvará da Vigilância Sanitária e da PM, além da liberação do estádio (Adhemar de Barros) para os nossos jogos em casa”.

Ainda segundo Tatu, os próximos passos do AEA serão discutidos para a participação das categorias sub-15 e sub-17 na primeira divisão, na qual terão a oportunidade de enfrentar os principais times da serie A1 do Paulista.