Publicado em 30 de julho de 2018 às 09:36

Oferecido a pessoas em situação de rua acolhidas pelo Abrigo Institucional, órgão vinculado ao Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) de Araçatuba, o curso de mosaico de azulejos teve objetivos além da capacitação.

Onze pessoas receberam, nesta sexta-feira (27), certificados de conclusão do curso, que é oferecido através de parceria com o instituto IVVH (Instituto de Valorização à Vida Humana), órgão que gerencia os serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

As equipes de abordagem de rua do Centro Pop acolheram, há uma semana, um homem embriagado que havia sido agredido em uma praça do município. Ele foi um dos alunos do curso e desde o início das atividades, dia 20 de julho, não faz uso de bebidas alcoólicas.

Abel Andrade, coordenador do Abrigo Institucional, explica a escolha do curso. “O mosaico foi estrategicamente pensado para atender ao público que recebemos aqui no Abrigo. Além de ser um trabalho manual feito em vasos e mesas, que pode se tornar um produto rentável, o mosaico é construído a partir de cacos de azulejos que antes não tinham utilidade. Queremos mostrar aos nossos atendidos que, aos poucos, eles podem reconstruir suas vidas assim como fazem com os pedaços de azulejos quebrados”.

CENTRO POP

Considerado um equipamento de Proteção Social Especial de Média Complexidade, o Centro Pop atende diariamente 45 pessoas. São realizados atendimentos individuais e coletivos, oficinas e atividades de convívio e socialização, além de ações que incentivam a participação social das pessoas em situação de rua.

Junto ao Centro Pop, funciona o Abrigo Institucional, local com funcionamento 24h, disponível para o pernoite dos usuários com capacidade para 25 pessoas e um casal. O Centro Pop funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Junqueira Freire, 327, no bairro Paraíso.

Além disso, são prestados serviços como atendimento técnico com assistentes sociais e psicólogos, encaminhamentos para a rede socioassistencial e as outras políticas públicas, benefícios como café da manhã, almoço, kit de higiene, cobertores, acesso à lavanderia, concessão de passagens rodoviárias, guarda de pertences, higiene e asseio pessoal, oficinas de terapia ocupacional, oficinas de laboraterapia e abordagem social.